Nairo Quintana será o único líder da Movistar no Tour

27-01-2016 18:52

O ciclista colombiano já ficou por duas vezes no segundo lugar da competição.

O colombiano Nairo Quintana vai ser o líder único da Movistar na Volta a França, com o espanhol Alejandro Valverde a ter como objetivo a Volta a Itália, confirmaram hoje os dois ciclistas durante a apresentação da equipa.

“Em princípio, vou concentrar-me no Tour, que é a prova com mais exposição e aquela com a qual sonhamos. Os meus objetivos secundários são a prova olímpica [Rio2016] e a Vuelta”, indicou Quintana, que pretende assim melhorar os dois segundos lugares (2015 e 2013) na prova francesa.

O jovem colombiano e o veterano espanhol ocuparam os dois lugares mais baixos do pódio em Paris no ano passado, atrás de Chris Froome (Sky), uma realidade que levou a equipa líder do ‘ranking’ mundial a alterar a sua estratégia para 2016.

“No Tour, quero fazer bem as coisas, mas sobretudo ajudar ao máximo o Nairo e chegar o mais fresco possível aos Jogos Olímpicos”, assumiu Valverde que, aos 36 anos, se vai estrear no Giro, com a missão de fazer o pleno de pódios nas ‘grandes’ Voltas: “É uma motivação e uma experiência bonita”.

Vencedor da Liège-Bastogne-Liège e da Flèche Wallonne em 2015, o espanhol reconheceu que deverá estar mais “fraco” nas clássicas da primavera, para poder estar em forma para atacar a Volta a Itália.

"Cheguei a um ponto na minha carreira que é agora ou nunca. Ao Giro nunca tinha ido e acredito que é o momento, já que estou em forma para o fazer bem. Falei com o Eusebio Unzué e com os outros diretores e desenhámos um calendário diferente de outros anos. Há que experimentar, porque é o momento idóneo”, defendeu o vencedor da Volta a Espanha de 2009.

Líder do ‘ranking’ mundial nas últimas três épocas, a Movistar apresentou-se hoje oficialmente em Madrid, naquele que foi o primeiro evento oficial do português Nelson Oliveira como reforço do conjunto orientado por Eusebio Unzué.

O campeão nacional de contrarrelógio é um dos cinco reforços para esta época, com o plantel a ter 26 corredores.

Na cerimónia de apresentação, a formação espanhola não esqueceu o italiano Adriano Malori, que continua em coma induzido na sequência de uma queda no Tour de San Luis, dedicando-lhe um forte aplauso.

IN: SAPO Desporto c/ Lusa

Voltar